Orientação Médica Orientação Odontológica Orientação Nutricional Atividade Física
Jornal Omint
/ Falando em Saúde - Orientação Médica - Distúrbios do Labirinto

 

Distúrbios do Labirinto ("Labirintites")

O termo labirintite tem sido errôneamente empregado como sinônimo de distúrbio do labirinto, mas apenas uma minoria de pacientes com tontura apresenta um quadro de “inflamação” do labirinto.

O labirinto é um dos órgãos responsáveis pelo equilíbrio e localiza-se na parte mais interna dos ouvidos. Quando existe uma disfunção do labirinto, o sintoma mais comum é a tontura ou vertigem, que se traduz por uma sensação falsa de que os objetos ou o corpo estão em movimento. Muitas vezes esta sensação é acompanhada de náuseas, palidez cutânea e sudorese e algumas vezes também de sintomas auditivos, como diminuição da audição e zumbido.

Existem muitas causas para as disfunções do labirinto, como problemas de coluna cervical, algumas medicações como antibióticos e anti-inflamatórios, consumo excessivo de cafeína (café, chá e refrigerantes), problemas metabólicos como aumento do colesterol e triglicérides, distúrbios do metabolismo do açúcar (diabetes ou hipoglicemia), problemas hormonais, ou ainda algumas doenças próprias do ouvido como a Doença de Ménière e a inflamação do nervo vestibular.

Assim, na investigação das vertigens, a história clínica é fundamental: saber sobre outros problemas de saúde, medicações que o paciente faz uso e até mesmo o tipo de alimentação e a sua relação com os sintomas. Geralmente a investigação inclui alguns exames de sangue para detectar problemas metabólicos e um exame otoneurológico.

O tratamento inclui medicações anti-vertiginosas e a correção de desequilíbrios metabólicos e de dieta. Em alguns quadros são também indicados exercícios de reabilitação labiríntica.

Dra. Mônica Gondim Amatuzzi
Rua Dr. Eduardo De Souza Aranha , 99 - 8º andar -
CJ. 82 - Itaim Bibi - CEP 04543120 - São Paulo / SP
Fone: (11 ) 3845 2493 / (11 ) 3849 8859