FAÇA UMA
COTAÇÃO

DESTINO

Austrália

compre online em 3 minutos

Selecione a data de ida.

O produto mais adequado para viagens com duração maior que 120 dias é o intercâmbio.

Selecione a quantidade de passageiros.

Selecione um estado.

Selecione um estado.

Produto com validade de 1 ano. Término da vigência 01/08/2018

Coberturas

Confira o que podemos fazer para amparar você em qualquer lugar do mundo.

indenização em caso de extravio de bagagem

coberturas médico-hospitalares e odontológicas

planos para viajantes com até 80 anos

atendimento em português e suporte nos 5 continentes

cobertura para gravidez de até 34 semanas

cobertura farmacêutica

* Faça uma cotação e confira a disponibilidade de cada cobertura conforme o destino, produto e motivo de viagem.

Informações úteis

Vacinas

Embora a vacinação contra a febre amarela não seja um requisito para a análise de vistos, o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia, no qual deve constar comprovante de vacinação contra a febre amarela, poderá ser solicitado pelos Oficiais de Imigração na Austrália.

Todo passageiro que tenha um ano de idade ou mais e que tenha passado uma noite ou mais em um país declaradamente infectado por febre amarela devem portar seu Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia ao entrar na Austrália.

Para maiores informações sobre requisitos relativos à febre amarela, favor visitar o endereço eletrônico do Departamento de Saúde do Governo Australiano.

Visto e passaporte

Turismo
Esse visto é adequado para aqueles que desejam fazer uma visita de turismo ou outras atividades recreativas tais como: férias, passeios turísticos, razões sociais, visitar familiares ou amigos, não incluindo atividades de negócios ou trabalho.

O visto quando concedido permitirá uma única ou múltiplas entradas na Austrália pelo período de validade do mesmo.

Poderá ser requerida uma estadia de até 12 meses ou um período menor. A estadia concedida dependerá dos motivos da visita e das circunstâncias pessoais.

O visto de turismo também poderá ser utilizado por aqueles que irão à Austrália para estudar por um período de até 12 semanas. Para cursos com duração até 12 semanas NÃO é mais obrigatória a apresentação de exames médicos. Para períodos acima de 12 semanas, deverá ser requerido um visto de estudos.

Documentação obrigatória:
• Passaporte, assinado e válido pelo período da estadia e passaportes anteriores, se já houver viajado ao exterior;
• Formulário 48R ou 48R POR vigente, preenchido e assinado pelo requerente (a foto afixada no formulário deverá ser recente e sem alterações digitais – 6 meses no máximo – e do tamanho 5×7 ou 3×4);
• Pagamento da taxa.

Para que o visto seja concedido, é necessário cumprir os requisitos financeiros, de saúde e de caráter determinados pelo Departamento de Imigração do Governo Australiano.

A seguinte documentação poderá ser incluída com o requerimento de visto para comprovar o cumprimento desses requisitos:

Documentação complementar:
• Carta do empregador informando cargo, tempo de serviço, salário e período de férias ou contrato social da empresa;
• Comprovante de matrícula da escola ou universidade;
• Carta convite de um familiar ou amigo na Austrália (na forma de Statutory Declaration);
• Comprovante de visto permanente, se não tiver nacionalidade do país no qual o requerente pedirá o visto;
• Provas de disponibilidade financeira ou acesso a recursos suficientes para realizar a viagem do requerente do visto ou da pessoa responsável financeiramente pela viagem (se for de um terceiro deverá acompanhar uma declaração, com firma reconhecida, confirmando a disposição da pessoa em custear a viagem).

Estas provas financeiras podem incluir, mas não são restritas a:
• Carta do empregador informando cargo, tempo de serviço, salário e período de férias ou contrato social da empresa;
• Três últimos contracheques;
• Declaração de imposto de renda;
• Extratos bancários de conta corrente ou investimentos dos três últimos meses;
• Recibos de compras de moeda estrangeira;
• Extratos de cartão de credito dos três últimos meses.
O Departamento de Imigração poderá solicitar ao requerente, documentos complementares que não foram listados aqui e até mesmo os originais.

Requerimentos de visto apresentados de forma completa serão provavelmente finalizados em um tempo menor. Requerimentos incompletos poderão sofrer atrasos ou, em alguns casos, serem negados. O Departamento de Imigração não tem o dever de solicitar mais documentos se o requerimento de visto estiver incompleto.

Nenhum documento autenticado será devolvido. Caso os documentos originais tenham sido solicitados pela seção de visto, os mesmos serão devolvidos.

Para informações sobre o visto para Estudos na Austrália, acesse: http://bit.ly/TokywS 

Aeroportos

Aeroporto Internacional Kingsford Smith – Sydney 
http://www.sydneyairport.com.au/

O aeroporto de Sydney é o mais movimentado do país e de toda a Oceania (ao redor de 35.62 milhões de passageiros em 2011) e onde se espera para 2020 mais de 60 milhões. Concentra um grande número de voos de cabotagem, e para voos internacionais a oferta inclui todos os continentes. É um dos aeroportos mais modernos do mundo. JetStar Airways, V Australia, Virgin Blue, Pacific Blue e Tiger Airways são companhias de baixo custo operando no local.

Demais aeroportos

Aeroporto Internacional de Melbourne
Aeroporto Internacional de Brisbane
Aeroporto Internacional de Perth
Aeroporto Internacional de Darwin
Aeroporto Internacional de Cairns

 

Dicas Gerais
Ainda no avião um pouco antes de chegar, irão lhe distribuir um papel para a Alfândega e Imigração que devera ser preenchido e assinado por cada uma das pessoas adultas (traga uma caneta na bolsa), e se estiver viajando com dependentes o responsável irá assinar. Nesse papel perguntam se você traz comidas, se esteve em fazendas ultimamente, se esta trazendo produtos ou quantias superior a 10 mil dólares(se estiver declare, não é taxado, é só controle), onde pretende ficar (se tiver uma reserva de acomodação ou end. da homestay etc traga na bolsa), o país de origem, número do vôo, número do passaporte, quanto tempo pretende ficar, e outras perguntas mais (em Inglês). Basta preencher falando a verdade, que não há maiores problemas. Se não souber responder alguma pergunta deixe ela em branco. Esse papel será apresentado na Imigração onde será visado pelo oficial, e depois deverá ser apresentado na alfândega, onde será recolhido por outro oficial.

Muitos tipos de comidas são proibídas de entrar na Austrália, até mesmo as oferecidas dentro do avião. Normalmente comidas industrializadas podem, mas inclui também vários tipos que não podem. Alguns exemplos das que não podem são: Queijos, presuntos, carnes, peixe e derivados, frutas, sementes, mel, determinados produtos com fibras naturais e couro e madeira, qualquer produto que contenha terra, plantas vivas etc. Exemplos: goiabada em lata entrou, mas doce de banana em pacote de papel celofane não entrou. Seja o que for que estiver trazendo e tiver dúvidas, a melhor opção é marcar na sua cartela (aquela que se preenche no avião) que está trazendo comida, e dirigir-se direto ao setor vermelho (declarar) ao invés do verde (nada a declarar). Lá, o oficial vai pedir que mostre os produtos e vai liberar ou não. O que não liberar, ele vai jogar no lixo da Quarentena, mas em compensação você não terá que pagar multa, caso tivesse sido pego no azul dizendo que não tinha produtos a ser declarados. As multas podem chegar A$ 200 mil, e não tem perdão.

Atenção na troca de aeroporto, para quem chegar em Sydney no Aeroporto Internacional e for para outra cidade Australiana: você provavelmente terá que mudar para o aeroporto do Terminal Doméstico. Em Sydney o dito fica à uns quilômetros do Internacional (muito longe para ir a pé). Existe bem na frente da saída principal do Internacional, um ônibus que só para isso e faz esse trajeto a cada 15 ou 20 minutos. Não lembro o preço, mas custa entre A$ 3 e 5, e por isso é melhor você trocar algum dinheiro em A$ ao chegar. Note também que vôos longos costumam atrasar, e o tempo gasto na alfândega de Sydney, trocando dinheiro, e mudança de aeroporto, pode demorar até mesmo 2 horas ou mais. Se por acaso você tiver uma conexão aérea para outra cidade, tenha certeza que terá no mínimo 3 horas entre um voo e outro, caso contrário poderá perdê-lo (como tem acontecido com muita gente).

Para mais dicas acesse: http://www.portaloceania.com/index-menu-au-port.htm

Dicas de viagem

Moeda oficial:

Dólar Australiano

Dicionário básico:

Inglês

metro

Mapas de metrô

metro

Companhias Aéreas